11 de nov de 2009

Vídeo

Sites legais!

Espaço Compartilhado
Painel Criativo
Projetos Pedagógicos
Ser e Educação
Jogos e Brincadeiras

21 de out de 2009

Cantinho das Artes

É importante estimular a apreciação artística e de leitura dos diversos tipos de artes plásticas (escultura, pintura, teatro, etc.). Para isso, o professor deve pesquisar e trazer, para a sala de aula, diversas técnicas e materiais, a fim de que as crianças possam experimentá-las, interagindo com elas a seu modo, e produzindo as suas próprias obras, expressando-se espontaneamente. Assim possibilitará o processo de sociabilização através da comunicação. Também poderão conhecer obras e histórias de artistas (dos mais diversos estilos, países e momentos históricos), apreciando-as e emitindo suas idéias sobre estas produções, estimulando o senso estético e crítico.

Qual foi a "arte" mais criativa de seus alunos?




Cantinho de Faz-de-conta

Cada tipo de brincadeira tem sua importância. "O faz-de-conta estimula a criança a lidar com muitas questões, pois ela comanda a história". As brincadeiras de casinha ajudam no aprendizado dos papéis familiares, as de médico e professor estabelecem a importância das profissões. Já andar de bicicleta ajuda a desenvolver o senso de orientação espacial e a coordenação motora. Quando brincam em grupo, as crianças aprendem a pedir emprestado e a respeitar os outros, por exemplo. A importância dos espaços de brincadeira para dar oportunidade de a criança "mergulhar" em seu brinquedo sem cobrança de desempenho e sem adulto para atrapalhar, alimentar a inteligência e a criatividade da criança com a brincadeira é tão importante quanto alimentar o corpo com comida.
Durante a brincadeira, é possível observar a capacidade de memorização da criança, suas ansiedades e medos, sua forma de lidar com o erro, seu nível de atenção, coordenação e equilíbrio nas atividades. “As crianças dizem muito enquanto brincam”. Até as dificuldades e facilidades de aprendizado da criança podem aparecer enquanto ela brinca!

Nos conte como é a brincadeira de faz-de-conta dos seus alunos?




Cantinho da Sucatoteca

Este é o cantinho da imaginação e criatividade, possibilitando a criança a compreender o sentido e importância da reciclagem, incentivando-as a preservação do meio ambiente.

Tudo que poderia ser lixo serve para você professor de Educação Infantil como um recurso de grande valia. Construir brinquedos, bonecos, casinhas; usar tampas de refrigerantes, palitos, potinhos para contagem; simplesmente manusear e distinguir cores e formas de olhos abertos ou vendados; são somente alguns exemplos do que pode ser feito com este rico material.

Qual o brinquedo mais diferente confeccionado pelo seus alunos?




Cantinho dos Jogos

Este é o momento em que possibilira aos aluno além da criatividade, adquirir noções matemáticas, socialização, integração de forma lúdica.
Os Jogos Pedagógicos confeccionados em EVA, cortiça, cartolina ou até mesmo os de madeira e borracha também devem estar ao alcance dos pequenos em um "cantinho" especial. Quebra-cabeças, Jogos de Encaixe e muitos outros... Sugerimos que caso não tenha como a escola oferecer nem tão pouco pedir ajuda aos responsáveis, que a professora vá confeccionando aos poucos, de acordo com as datas comemorativas por exemplo e colecionando-os numa caixa também separada.

Quais jogos na sua opinião possibilitam maior integração?





Cantinho da Música

Sabemos que nem sempre é possível termos dentro de sala de aula um aparelho de som à disposição, porém este cantinho deve ser mantido dentro das possibilidades. Sugerimos gravar em CDs diferentes estilos musicais escolhidos pelo professor ou pelo aluno.

Nesse mesmo cantinho sugerimos que tenha uma Caixa com instrumentos musicais, que podem ser confeccionados com sucatas pelas próprias crianças com a ajuda do professor.

Qual o hit favorito dos seus alunos?




Cantinho da Leitura

Podemos dizer que o ato de contar histórias para as crianças está presente em todas as culturas, letradas ou não letradas, desde os primórdios do homem. As crinças adoram ouvi-las, e os adultos podem descobrir o enorme prazer de contá-las. Na Educação Infantil, enquanto a criança ainda não é capaz de ler sozinha, o professor pode ler para ela. Nesse "cantinho" devem conter livros de histórias infantis diversas adequadas à faixa etária dos alunos.
Praticamente todas as salas de aula de turmas iniciais já possuem este "Cantinho" que deve ser feito com estantes da altura das crianças e almofadas coloridas ou tapete emborrachado para a Hora do ouvir e contar histórias. É muito importante que as crianças tenham contato com os livros, e os identifiquem como algo do seu dia a dia, que está ao seu alcance, com o que pode contar. Isso facilitará todo o processo de alfabetização e será imprescindível para tornar seu aluno um futuro leitor.


Qual o livro infantil lhe possibilitou maior o melhor trabalho? Divida conosco sua experiência!





Hora da Rodinha

Este momento é presente na rotina de diversas instituições de Educação Infantil, e, podemos afirmar, é um dos mais importantes para a organização do trabalho pedagógico e o desenvolvimento das crianças.
Na sua "chamadinha" básica além dos nomes e das fotos de seus alunos, da janelinha do tempo e dos dias da semana você pode incluir algo importante do dia: Uma notícia, uma data especial, um acontecimento na escola, ou simplesmente a conclusão do dia registrada por escrito juntamente com os alunos. Torne este momento diário sempre atraente e divertido. E lance mão destes recursos presentes em sua "chamadinha" sempre que necessitar não somente na hora da entrada.

Na sua prática, qual foi a situação mais inusitada neste momento da rodinha? 



Cantinhos mágicos da Educação Infantil

As tarefas das crianças pequenas nas creches e pré-escolas são muitas e de grande importância para o seu desenvolvimento cognitivo e emocional, e o principal instrumento de que utilizam são as brincadeiras. Nesses locais, elas têm de aprender a brincar com as outras, respeitar limites, controlar a agressividade, relacionar-se com adultos e aprender sobre si mesmas e seus amigos, tarefas estas de natureza emocional. (...)
O fundamental para as crianças menores de seis anos é que elas se sintam importantes, livres e queridas.” (LISBOA, 2001)